À medida que saíamos do estacionamento, meu marido dirigiu devagar para esperar por uma jovem em sua bicicleta. Quando Tom assentiu para ela ir primeiro, ela sorriu, acenou e seguiu pedalando. Momentos depois, um motorista estacionado abriu sua porta, batendo na ciclista derrubando-a no asfalto. Com as pernas sangrando, ela chorou ao examinar a sua bicicleta dobrável.

Refletindo sobre o acidente: Se a tivéssemos feito esperar. Se o motorista tivesse cuidado ao abrir a porta. Se apenas… As dificuldades surgem quando ficamos questionando… E se…eu soubesse que meu filho estava andando com adolescentes que estavam bebendo. Se ao menos tivessem diagnosticado o câncer mais cedo…

Quando surgem problemas inesperados, às vezes, questionamos a bondade de Deus. Podemos até sentir o desespero que Marta e Maria experimentaram quando o seu irmão morreu. Se Jesus tivesse vindo quando Ele soube que Lázaro estava doente! (João 11:21,32).

Como Marta e Maria, nem sempre entendemos por que as coisas difíceis nos acontecem. Mas podemos descansar no conhecimento de que Deus está desenvolvendo os Seus propósitos para um bem maior. Em todas as circunstâncias, podemos confiar na sabedoria do nosso fiel e amoroso Deus.