Em seu livro A tempestade perfeita (Vega, 2001), o autor Sebastian Junger registra fatos chocantes sobre a força de um furacão: “Um furacão em sua formação completa é o evento mais poderoso da terra; os arsenais nucleares dos EUA e da antiga União Soviética combinados não teriam a energia suficiente para evitar que tal furacão seguisse o seu caminho. Um furacão típico poderia prover toda a energia elétrica necessária nos EUA por três ou quatro anos.”

Os navegadores se deparam com diversas condições de tempo, mas aqueles que experimentam uma tempestade têm uma emoção em comum — o medo. O evangelho de Marcos 4:35-41 registra uma tempestade que ameaçou o barco no qual Jesus e Seus discípulos estavam, no mar da Galileia.

Em pânico, os discípulos acordaram Jesus, que repreendeu calmamente o vento e o mar, dizendo: “Acalma-te, emudece” (literalmente “silêncio”) como se estivesse aquietando uma criança agitada (v.39). Imediatamente, a tempestade parou e o mar tornou-se inexplicavelmente sereno. Os discípulos perguntaram: “Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem?” (v.41).

As circunstâncias da vida são semelhantes a uma tormenta? Olhe para o Deus-homem Jesus Cristo, que tem autoridade nos céus e na terra. Ele lhe dará as forças para sobreviver à tempestade, até que finalmente a acalmará.