É comum ouvir que ao nascer uma criança nasce uma mãe. No entanto, é possível afirmar que a frase é mais bonita do que a realidade, mas continua trazendo uma verdade, pois talvez a mãe não seja somente aquela que concebeu a criança. Em algum outro lugar, quem sabe perto ou longe deste novo ser que veio ao mundo, surge uma mãe que irá ao encontro desse bebê, e será sua mãe, simplesmente porque o ama.

Como o próprio Deus nos adotou, a mãe que adota compreende esse aspecto tão grande a respeito de nossa salvação. Ser mãe adotiva é ser mãe! É salvar uma vida escolhendo amar.

Para você que é mãe com todo o seu coração, queremos incentivá-la a se aproximar mais de nosso Deus por meio do Devocional Pão Diário para mães, que você possa se aprofundar também no amor de um pai Eterno por você, mãe de coração.

Acompanhe um dos devocionais:

Devocional –  As regras da mamãe

…quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe… —EFÉSIOS 4:22

Encontrei uma mulher encantadora, chamada “Mamãe Carla”, que criou cerca de uma dúzia de filhos adotivos. Esses jovens lhe foram designados pelo Poder Judiciário e ela lhes deu um lar com estabilidade, orientação e amor. Ela me contou que, cada vez que uma nova criança chegava, a primeira coisa era explicar as “Regras da mamãe”. Elas incluíam os padrões de comportamento, as tarefas que faziam parte da ajuda muito necessária na casa e ensinavam responsabilidade às crianças que não possuíam muita instrução anterior.

Algumas crianças podem até ter recusado, em algum momento, a cumprir as “Regras da mamãe”, pensando que elas lhes roubavam a diversão ou o prazer — mas, nada disso poderia estar mais longe da verdade. Aqueles padrões previamente estabelecidos permitiam que a casa ficasse organizada, e nela a mãe e as crianças podiam sentir que a vida era agradável e pacífica.

De maneira semelhante, algumas pessoas consideram os padrões estabelecidos por Deus, na Bíblia, como obstáculos que nos impedem de desfrutar a vida. Contudo, os limites impostos por Deus nos protegem de nossas piores inclinações e criam reações saudáveis a Ele. Em Efésios 4, por exemplo, Paulo nos fornece algumas orientações a respeito de como devemos viver. Ao vivermos segundo essas e outras instruções amorosas de Deus, encontraremos a proteção e a oportunidade de experimentar a alegria verdadeira e duradoura. —WEC

Ajude essa mensagem chegar mais longe.

A cada R$2,00 você
nos ajuda a imprimir um livreto para evangelismo.

Preparamos um livro especial para essa Páscoa, clique aqui e saiba mais