Talvez você já tenha ouvido alguém dizer que o cristianismo não é só religião – é sobre relacionamento. Há verdade nisso, com certeza. Especialmente se você definir a religião como você ser a melhor pessoa que pode para que Deus não se irrite com você. Mas e se a palavra religião não for realmente uma palavra ruim? 

Tiago 1:27 diz que a religião que Deus nosso Pai aceita como pura e sem defeito é aquela que cuida de órfãos e viúvas em necessidade. Esta entrega de sua vida em favor de outros é a religião que comove o coração de Deus e não é apenas dos órfãos das viúvas que somos chamados a servir, Tiago menciona esses dois grupos porque por todas as Escrituras há um alguém que está sempre falando em defesa dos órfãos e das viúvas e esse alguém é o nosso Deus. 

Nenhum outro deus no mundo antigo se identificou com os mais indefesos da sociedade, mas o nosso Deus diz que Seu coração está com eles e o que Tiago está nos lembrando é que se somos Seus filhos, o nosso coração também estará porque sabemos o que Deus fez por nós. Ele enviou o Seu Filho para nos defender, para nos proteger e para entregar Sua vida por nós. E isso significa que quando vemos alguém à margem da sociedade ou indefeso, não mais estaremos vendo qualquer um, vemos um irmão uma irmã – alguém amado por um Deus que nos ama. Ao sermos tocados pelo coração de Deus, vamos nos apoiar e servir uns aos outros em favor do próximo.

Andrea Chatelain

  • Tiago 1:27 define a religião pura e verdadeira. Como colocá-la em prática independente do contexto em que estamos inseridos?
  • Qual você acredita que seja o seu papel em relação às pessoas que estão à margem da sociedade?
  • Como nosso relacionamento com Deus pode influenciar nosso ambiente de trabalho?

Ajude essa mensagem chegar mais longe.

A cada R$2,00 você
nos ajuda a imprimir um livreto para evangelismo.

Preparamos um livro especial para essa Páscoa, clique aqui e saiba mais