Categoria  |  Pão Diário

O jeito certo de falar com Deus

Admiro os que registram os pedidos de oração em diários gastos pelo manuseio e que atualizam sempre toda oração e louvor em suas listas. Sou inspirada por pessoas que se reúnem para orar e por pessoas cujos joelhos desgastam o tapete ao lado da cama. Durante anos, tentei imitar esse estilo de vida, a oração perfeita e a eloquência das pessoas mais articuladas do que eu. Lutei para solucionar o que eu achava ser um mistério, uma vez que eu ansiava por aprender o jeito certo de orar.


É bom para você?

Por gostar de chocolate amargo, uma vez pesquisei no Google: “Chocolate amargo é bom para você?”. E consegui vários resultados — alguns bons; outros ruins. Dá para fazer o mesmo com quase qualquer outro produto alimentício. Leite é bom para você? Café é bom para você? Arroz é bom para você? Existe uma variedade imensa de respostas para estas perguntas, e você deve ter a consciência de que a pesquisa pode não ser boa. Pode lhe dar uma imensa dor de cabeça!


A suprema satisfação

Quando estávamos distribuindo lanchinhos para as crianças do programa da Escola Dominical, notamos um garotinho que tinha devorado o lanche. Depois, ele ainda comeu o resto dos petiscos das crianças à mesa. Mesmo depois de lhe dar um saco de pipoca, ele ainda não estava satisfeito. Como líderes, ficamos preocupados com o porquê de tanta fome.


O que há em um nome?

O pregador metodista “Gip” Hardin escolheu para o filho o nome do famoso pregador John Wesley, projetando suas aspirações e esperanças para o bebê. Mas, John Wesley Hardin escolheu um caminho diferente. Alegando ter matado 42 homens, Hardin tornou-se um dos pistoleiros mais conhecidos do Velho Oeste no fim dos anos de 1800.


Tem conexão wi-fi?

Quando eu me preparava para uma viagem missionária com alguns jovens, o que eles mais perguntavam era: “Vai ter wi-fi?”. E eu lhes garantia que sim. Imaginem as lamentações e os gemidos numa noite em que a conexão caiu!


Ele sabe o nosso nome

Durante uma visita ao Memorial Nacional do 11 de Setembro na cidade de Nova Iorque, fotografei rapidamente um dos dois lagos espelhados. Nas laterais destes dois lados idênticos, o nome de quase 3.000 pessoas, que morreram nos ataques ao World Trade Center, está gravado em painéis de bronze. Mais tarde, quando olhei aquela foto com mais atenção, meus olhos foram atraídos pela mão de uma mulher que aparecia sobre um dos nomes. Muitas pessoas vão a este lugar para tocar em algum nome e lembrar-se de alguém que amavam.


Como permanecer firme

Era um dia frio e congelante de inverno, e eu pensava apenas em sair do carro depressa e entrar noutro lugar quentinho. Quando dei por mim já estava no chão, com os joelhos virados para dentro e as pernas viradas para fora. Eu não havia quebrado nenhum osso, mas sentia muita dor. E ela piorava à medida que o tempo passava; e demorariam semanas até que eu me recuperasse completamente.


O aroma de Cristo

Com calor e empoeirado, Beto desceu do ônibus que ele havia pegado rumo a uma cidade longe de casa. Ele estava cansado do longo dia de viagem e agradecido por poder jantar com amigos de amigos que moravam na região. Eles o receberam, e Beto imediatamente experimentou uma sensação de paz. Sentiu-se em casa: confortável, seguro e querido.


Sendo sincero com Deus

Curvo a cabeça, fecho os olhos, junto as mãos e começo a orar. “Senhor amado, entro na Tua presença como teu filho. Reconheço Teu poder e bondade…”. De repente, abro os olhos, lembrando que o meu filho não terminou seu projeto de História e, tem jogo de basquete depois da aula. Imagino-o acordado até à meia-noite para terminar o trabalho. Preocupo-me ao pensar que esse cansaço possa levá-lo a contrair uma gripe!


Amor imutável

Quando eu estava no Ensino Médio, eu fazia parte da equipe de tênis que representava a escola. Passei muitas horas da adolescência tentando aprimorar minhas habilidades em quatro quadras de concreto que ficavam a dois quarteirões de casa.


Treino e preparo

Os fisiculturistas competitivos seguem um ciclo de treinos rigoroso. Nos meses iniciais, eles enfatizam o ganho de medidas e de força. Ao aproximar-se a competição, o objetivo passa a ser perder toda gordura que esconde o músculo. Nos últimos dias antes da competição, eles consomem menos água do que o normal para que o tecido muscular seja facilmente visto. Por causa do consumo reduzido de alimentos, os competidores se encontram em grande fraqueza no dia da competição apesar de parecerem fortes.


Construindo pontes

Em nosso bairro, altos muros de concreto cercam as casas, e muitos são reforçados com cercas elétricas. O propósito? Afastar os ladrões.