Jó era um homem perfeito e íntegro, que temia a Deus e se afastava do mal. Um dia, os filhos de Deus, os anjos, se reuniram diante d’Ele, e Satanás se apresentou no meio deles. Deus, então, desafiou a Satanás e lhe disse: “O que você tem feito esses dias?”. Sabe o que ele respondeu? “Tenho andado e rodeado a terra.” Ele é um viajante mundial. Ele viaja, andando e rodeando a terra inteira. Mas ele não é um turista. Todas as suas viagens têm um propósito perverso. Deus, então, lhe disse: “Observaste meu servo Jó, que é perfeito e íntegro? que teme a Deus e se afasta de todo mal? Você já o observou? Certamente Satanás o havia observado! De todas as pessoas que existem no mundo, nenhuma delas foi mais cuidadosamente observada por Satanás do que Jó, que era como um alimento muito nutritivo, e Satanás queria devorá-lo. Que homem bom era Jó! Satanás o observou atentamente, mas não encontrou maneira de atacá-lo.

Sempre imagino se Deus poderia me usar para desafiar Seu adversário. Eu não sou digno. Deus não pode me usar para desafiar Satanás. Deus pode usar você para desafiar Seu adversário? Mas Ele pôde usar Jó para desafiar Seu inimigo e opositor.

Oh, qão sutil foi Satanás. Ele disse a Deus: “São muitos os motivos para Jó temer a Ti; Tu puseste uma cerca ao redor dele”. Satanás tentou chegar a Jó por todos os lados, mas descobriu que havia uma cerca ao redor daquele homem impedindo sua entrada. Por isso, disse: “Tu colocaste uma cerca ao redor dele e o protegeste; Tu abençoaste o trabalho de suas mãos fazendo-o prosperar; quem não Te temerá? Jó não te teme; ele só quer Tua bênção. Se tiraste todas essas coisas dele, ele Te amaldiçoará!”. Você pode fazer o que desejar com ele, mas não toque em sua vida”.

Esta é apenas uma das histórias que você encontra no livro “O homem que Deus usa“, um ótimo presente de dia dos pais. Disponível na livraria mais próxima a você e no site publicacoespaodiario.com.br!