Ler Gênesis 24

 

Isaque e Rebeca eram dois jovens que nunca haviam se visto até o dia do casamento. Eliézer, um antigo empregado de Abraão, o pai do noivo, agiu como casamenteiro. Seguindo a orientação de Deus, ele partiu em viagem para procurar a esposa que Deus havia escolhido para Isaque. A atitude de Abraão ao escolher uma esposa para o filho traz muitos princípios sensatos que podem ser aplicados ainda hoje, e nós queremos compartilhá-los com você!

 

  • Escolha alguém cristão

Nada deve ser mais importante do que o bem-estar espiritual e o amor ao Senhor. Abraão sabia disso. Ele enviou seu servo para encontrar uma noiva espiritualmente compatível para seu filho, alguém que sempre o levaria para mais perto de Deus, e não o contrário — ele valorizava o significado permanente do matrimônio.

 

  • Confie em Deus

Como cristãos, temos que aprender sempre a esperar no Senhor, que provê tudo o que precisamos. Abraão expressou sua confiança na habilidade de Deus em direcionar Eliézer à mulher certa para seu filho. Essa confiança de Abraão é resultado de um relacionamento íntimo e duradouro com o Senhor.

 

  • Considere o caráter

A pessoa com quem você casará deve ter as qualificações corretas para ser seu marido ou esposa. Na mesma proporção, o que você espera dos outros também deve ser evidente em você! Eliézer pediu ao Senhor para lhe trazer uma jovem mulher submissa, humilde e com um coração servil. Quando Rebeca preencheu esses requisitos, Eliézer ainda a observou atentamente antes de propor o casamento com Isaque, no intuito de conhecê-la verdadeiramente.

 

  • Seja sábio

A escolha de um cônjuge exige muita reflexão, oração constante e total dependência de Deus pela Sua direção. Para encontrar uma esposa compatível para Isaque, Eliézer orou sobre o matrimônio que estava arranjando e reconheceu a direção de Deus. A ação mais lógica que alguém que deseja se casar deve tomar é colocar seu coração perscrutador nas mãos de Deus.

 

Deus planejou que o matrimônio fosse o mais íntimo e o melhor de todos os relacionamentos humanos. Portanto, essa união precisa ser mais do que um ato sexual; é uma união de propósito, corações e almas.

 

 

Conheça materiais incríveis para presentear seu(sua) amado(a) clicando aqui.