Our Authors

ver tudo

Articles by Xochitl Dixon

Celebrando a criatividade

Uma água-viva raramente vista valsava com as correntes a 120 metros de profundidade no oceano. O corpo da criatura brilhava com tons fluorescentes de azul, púrpura e rosa contra o pano de fundo da água negra. Tentáculos elegantes ondulavam graciosamente com o pulsar do corpo em formato de sino. Ao ver a filmagem incrível da medusa Halitrephes maasi no National Geographic, pensei sobre como Deus escolheu um design específico para essa criatura bela e gelatinosa. Ele também moldou os outros 2.000 tipos de águas-vivas que os cientistas identificaram até outubro de 2017.

O maior presente

Depois de lhe contar que eu havia recebido Jesus como Salvador, minha amiga Bárbara me deu o maior presente de todos: minha primeira Bíblia. Ela disse: “Você pode se achegar a Deus e amadurecer espiritualmente encontrando-se com Ele todos os dias, lendo as Escrituras, orando, confiando e obedecendo-o”. Minha vida mudou quando ela me sugeriu que conhecesse melhor a Deus.

Do pranto à adoração

Kelly começou a lutar contra o câncer de mama em 2013. Quatro dias após o fim do tratamento, os médicos a diagnosticaram com uma doença progressiva nos pulmões e lhe deram de três a cinco anos de vida. No primeiro ano, ela chorava em oração diante de Deus. Quando a conheci em 2015, Kelly havia entregado seu problema a Deus e irradiava alegria e paz. Alguns dias ainda são difíceis, porém Deus continua a transformar o sofrimento dela num testemunho de louvor e esperança.

O amor nos transforma

Antes de conhecer Jesus, eu estava tão ferida a ponto de evitar relacionamentos próximos por medo de magoar-me ainda mais. Minha mãe foi minha melhor amiga até eu me casar com Alan. Sete anos depois e na iminência do divórcio, levei nosso filho pequeno, Xavier, a um culto. Sentada próxima à saída, temia confiar, mas estava desesperada por receber ajuda.

A situação dos lagostins

Quando o meu primo me convidou para ir pescar lagostins, fiquei muito entusiasmado. Sorri quando ele me deu um balde de plástico. “Sem tampa?”. “Você não vai precisar de tampa”, ele respondeu.

Obrigado por ser você!

Quando cuidei de minha mãe e morei com ela num centro hospitalar, conheci Lori, outra cuidadora que morava com o seu marido, Frank, no corredor um pouco mais à frente. Conversávamos, ríamos, desabafávamos, chorávamos e orávamos juntas nas áreas de convivência. Gostávamos desse apoio mútuo nesse período em que cuidávamos de nossos entes queridos.

O que podemos fazer


Morrie Boogaart, de 92 anos, mesmo acamado, tricotava gorros de lã para os sem-teto e confeccionou oito mil gorros em 15 anos. Em vez de focar em sua saúde ou limitações, ele fazia o possível para colocar as necessidades dos outros em primeiro lugar. Ele declarou que seu trabalho lhe fazia bem e lhe dava um senso de propósito: “Vou fazer isso até voltar para o Senhor” (isso aconteceu em fevereiro de 2018). Embora a maioria dos que receberam seus gorros nunca saberá o quanto ele se sacrificou para confeccionar cada peça, esse ato de amor perseverante inspira muitos ao redor do mundo.


Entendendo a gratidão

Os anos de cansaço causados pela dor crônica e frustrações com a minha mobilidade limitada finalmente me afetaram. Em meu descontentamento, tornei-me exigente e ingrata. Passei a reclamar dos cuidados do meu marido, e a me queixar até da forma como ele limpava a casa. Embora ele seja o melhor cozinheiro que conheço, eu reclamava até da falta de variedade em nossas refeições. Quando ele confessou o quanto eu o magoava, eu me ressenti. Ele não fazia ideia do que eu estava vivendo. Por fim, Deus me ajudou a ver meus erros, e eu pedi perdão ao meu marido e ao Senhor.


Minha verdadeira face

Durante anos, a sensação de indignação e vergonha do meu passado pouco santo impactou negativamente todos os aspectos da minha vida. E se descobrissem as nódoas de minha reputação? Quando Deus me deu coragem para convidar uma líder de ministério para almoçar, lutei para parecer perfeita. Limpei a casa, preparei uma bela refeição e vesti minha melhor roupa.


O jeito certo de falar com Deus

Admiro os que registram os pedidos de oração em diários gastos pelo manuseio e que atualizam sempre toda oração e louvor em suas listas. Sou inspirada por pessoas que se reúnem para orar e por pessoas cujos joelhos desgastam o tapete ao lado da cama. Durante anos, tentei imitar esse estilo de vida, a oração perfeita e a eloquência das pessoas mais articuladas do que eu. Lutei para solucionar o que eu achava ser um mistério, uma vez que eu ansiava por aprender o jeito certo de orar.


Além das estrelas

Em 2011, a Administração Nacional de Aeronáutica e Espaço (NASA) comemorou 30 anos de pesquisa espacial. Nessas três décadas, naves e ônibus espaciais levaram mais de 355 pessoas para o espaço e ajudaram a construir a Estação Espacial Internacional. Depois de aposentar cinco naves, a NASA passou a dar ênfase à exploração do espaço profundo.


Doadores generosos

Após uma revisão de tudo o que Deus tinha feito ao longo da história de nossa igreja, foi apresentada a proposta para o novo ginásio que nos ajudaria a servir melhor a comunidade. Os líderes anunciaram que seriam os primeiros a assinar as notas promissórias. Inicialmente, orei egoisticamente, não querendo dar mais do que já tínhamos nos comprometido. Ainda assim,…