Our Authors

ver tudo

Articles by Richard DeHaan

Lugar de decisão

Ao morrer na cruz, Jesus pagou pelos pecados da raça humana. Todavia, somente aqueles que creem nele podem receber a Sua amorosa provisão. O sacrifício de Cristo é suficiente para todos, mas só é efetivo para aqueles que depositam sua confiança nele.

Supremacia de Cristo

Jamais exageraremos ao falar da grandeza de Cristo. Como a pessoa preeminente na história, Ele é digno do nosso amor e louvor.

Como ser feliz

Todos querem ser felizes, mas muitos falham em sua busca para encontrar este prêmio ilusório porque o procuram no lugar errado.

Tópicos relacionados

> Estudos

Páscoa e o perdão de Deus

A morte de Cristo teve alcance ilimitado e por Ele recebemos o perdão pelos pecados passados, presentes e futuros. O perdão de Deus é de uma vez por todas e completo.

Família dos sonhos?

A autora, Elisa Morgan, diz que nós aceitamos o mito da família perfeita e afirma: “Promessas prontas a respeito da família podem ter surgido com boas intenções, mas esta forma de pensar não é realista, em nada ajuda e nem faz bem.”

A família é uma instituição imperfeita. Pessoas desestruturadas se tornam pais desestruturados que constroem famílias sem estrutura. Mas, na…

Os dois ladrões

No ano 33 d.C. a crucificação de três homens mudou o curso da história. Seus executores martelaram lhes os pulsos e tornozelos. Cena comum naquela época, e ainda falamos sobre elas hoje. Um deles morreu sentindo-se culpado e com culpa sobre si. Outro morreu como pecador, mas sem a culpa sobre si. O terceiro morreu com a culpa sobre si,…

> Pão Diário

Fardos grudentos

Você alguma vez já teve a cola ou tinta à base de óleo grudando em seus dedos? Parece impossível de ser removido, mas você descobre que pode ser removido com a solução certa.

Flexibilidade

Com o passar dos anos, tive o privilégio de liderar diversas viagens para as terras bíblicas. Nos meses antes das nossas partidas, fazíamos uma série de reuniões de orientação, como preparação para a viagem. Planos, horários, acomodações de hotel, informações de contato — tudo podia sofrer alterações com qualquer notícia inesperada.

Integridade 101

Os oficiais numa certa cidade surpreenderam-se ao receber uma carta e o dinheiro de um motorista que havia recebido uma multa por excesso de velocidade, em 1954. O turista inglês, tinha visitado aquela cidade, e sido multado por excesso de velocidade. A multa fora de uns 32 reais, mas ele a esquecera por quase 52 anos até descobri-la — num casaco velho. Ele, agora com 84 anos, vive num asilo, e disse: “Pensei: tenho que pagar essa multa, e assim minha consciência ficará limpa.”