Our Authors

ver tudo

Articles by Randy Kilgore

Cada momento importa

Quando conheci Ada, ela era a única sobrevivente de todo o seu grupo de amigos e família e morava numa casa de repouso. “A pior parte de envelhecer é ver todo mundo seguir em frente e deixar você para trás”, disse-me. Um dia, eu lhe perguntei sobre o que lhe capturava o interesse e como passava o seu tempo. Ela…

Sabedoria ocasional

Alguns anos atrás, uma mulher me contou uma história: tinha encontrado seu filho pré-adolescente assistindo o noticiário sobre um fato violento. Instintivamente, ela pegou o controle remoto e mudou o canal. “Você não precisa assistir isso”, disse abruptamente. Seguiu-se uma discussão e, por fim, ela disse que ele precisava encher sua mente com “…tudo que é nobre, tudo que é correto,…

Graça inesperada


Era uma manhã de sábado e eu estava ansioso para chegar ao meu trabalho nas pistas de boliche. Na noite anterior, eu tinha limpado os pisos enlameados, porque o zelador faltara por motivo de doença, e nem me incomodei de avisar o gerente antes, pois assim poderia surpreendê-lo. E pensei, afinal, o que poderia dar errado?


A mão de consolo


A enfermeira anotou: “O paciente é belicoso.”


Quando eu não podia orar


Descobri que precisava de cirurgia de coração aberto. E fiquei surpreso e abalado, pensando na possibilidade de morrer. Quais relacionamentos deveria consertar? Assuntos financeiros a resolver? Mesmo que a cirurgia fosse bem-sucedida, levaria meses até voltar ao trabalho. Havia algo que pudesse ser feito antes disso? A quem repassar meu trabalho? Era o momento de orar e agir.


Encontrando Wally


Wally é a estrela do livro “Onde está Wally?”, um best-seller infantil. Wally se esconde nos cenários das páginas, convidando as crianças a encontrá-lo. Os pais gostam de ver a alegria de seus filhos quando o encontram.


Que haja honra


Sempre fiquei impressionado com a solene e magnífica simplicidade da mudança da guarda no Túmulo dos Desconhecidos no Cemitério Nacional de Arlington, EUA. O evento cuidadosamente coreografado é um tributo em honra aos soldados cujos nomes e sacrifícios são “conhecidos, apenas por Deus”. Igualmente emocionantes são os passos de ritmo constante quando as multidões se vão: de um lado a outro, hora após hora, dia a dia, mesmo no pior dos climas.


Sempre amado e valorizado


Servimos ao Deus que nos ama mais do que ama o nosso trabalho.


O poder de palavras simples

Gargalhadas distinguiam os visitantes do quarto de meu pai no hospital: dois velhos caminhoneiros, um ex-cantor sertanejo, um artesão, duas mulheres de fazendas vizinhas e eu. “Ele se levantou e quebrou a garrafa em minha cabeça”, disse o artesão, terminando sua história de uma briga num bar.

O melhor de todos os presentes

Num retiro de homens, um deles perguntou: “Qual foi o seu melhor presente de Natal de todos os tempos?”.

Amor sem limites

Durante a Rebelião dos Boxers na China, em 1900, os missionários encurralados numa casa decidiram que a sua única esperança de sobrevivência estava em correr pelo meio da multidão que clamava pela morte deles. Com a ajuda de armas que possuíam, eles escaparam da ameaça imediata. Entretanto, Edith Coombs, percebeu que dois de seus alunos chineses feridos não haviam escapado, correu de volta para o perigo. Ela resgatou um deles, mas tropeçou em sua volta para buscar o segundo aluno e foi morta.

Transformando corações

No último dia da Guerra Civil dos EUA, o oficial Joshua Chamberlain comandava o exército da União. Seus soldados se alinharam nos dois lados da estrada pela qual o exército Confederado teria de marchar em rendição. Uma única palavra errada ou um único ato belicoso, e a paz há tanto esperada poderia se transformar em chacina. Num ato brilhante e emocionante, Chamberlain ordenou às suas tropas que saudassem o inimigo! Nem insulto nem palavra perversa — somente armas em saudação e espadas elevadas em honra.