Our Authors

ver tudo

Articles by Poh Fang Chia

Sol com duas asas


Durante 5 anos, um antigo selo de barro permaneceu no Instituto de Arqueologia de Jerusalém. Ele fora desenterrado na parte sul da antiga muralha daquela cidade, e o exame inicial não conseguiu estabelecer a importância do objeto de quase 3 mil anos. Porém um pesquisador examinou cuidadosamente as letras no selo, e fez uma grande descoberta. Na inscrição, escrita em hebraico antigo, lê-se: “Pertence a Ezequias, rei de Judá.”


Simão disse


Refuge Rabindranath trabalha com a juventude no Sri Lanka há mais de 10 anos. Muitas vezes, ele interage com os jovens tarde da noite: brincando, ouvindo, aconselhando e ensinando-os. Ele gosta de trabalhar com os jovens, mas isso pode ser desanimador quando, às vezes, alguns se afastam da fé. Nesses momentos, ele se sente um pouco como Simão Pedro em Lucas 5.


Vamos terminar a corrida


Precisamos uns dos outros para chegar onde Deus nos quer. Nos Jogos Olímpicos no Rio em 2016, duas atletas na corrida de 5 km se sobressaíram. Aos 3.200 m da corrida, a neozelandesa Nikki Hamblin e a americana Abbey D’Agostino colidiram e caíram. Abbey levantou-se rapidamente e ajudou Nikki. Logo após, as duas atletas terem reiniciado a corrida, Abbey começou a vacilar, pois ferira-se na queda. Agora era a vez de Nikki parar e encorajar a colega atleta a terminar a corrida. Quando Abbey finalmente alcançou a linha de chegada, Nikki a esperava para abraçá-la. Que belo exemplo de mútuo encorajamento!


Dando o primeiro passo


Tham Dashu sentiu que algo estava faltando em sua vida. Então ele começou a ir à igreja, a mesma igreja que sua filha frequentava, mas nunca foram juntos. Em dias anteriores, ele a tinha ofendido, o que levou a um desgaste no relacionamento entre eles. Assim, o pai entrava sorrateiramente enquanto todos cantavam e saía imediatamente após o culto terminar.


O que dura para sempre?


Meu amigo ao passar dificuldades escreveu: “Ao refletir sobre os últimos semestres da vida estudantil, muitas coisas mudaram. É assustador. Nada dura para sempre.”


Não é esse


Davi elaborou os planos, projetou o mobiliário, recolheu os materiais e fez todos os arranjos (1 Crônicas 28:11-19). Mas o primeiro templo construído em Jerusalém é conhecido como o Templo de Salomão, não de Davi.


Amar com perfeição


Sua voz tremeu ao compartilhar os problemas que enfrentava com a sua filha. Preocupada com os amigos questionáveis de sua filha adolescente, esta mãe confiscou-lhe o celular e a acompanhou por toda a parte. O relacionamento delas parecia apenas ir de mal a pior.


Nada falta


Imagine fazer uma viagem sem bagagem. Sem necessidades básicas. Sem trocas de roupa. Sem dinheiro ou cartões de crédito. Soa insensato e aterrorizante, não?


Encontrando vida


As palavras do pai de Ravi o feriram profundamente. “Você é um fracasso total. É uma vergonha para a família.” Diante de seus irmãos talentosos, Ravi era visto como uma desgraça. Ele tentou se destacar nos esportes, e o fez, mas ainda se sentia um fracassado. Ele se perguntou: O que será de mim? Sou um fracasso total? Posso me livrar dessa vida sem sentir dor? Esses pensamentos o perseguiam, mas ele não o revelava a ninguém. Isso simplesmente não era feito em sua cultura. Ele havia sido ensinado a “guardar para si o seu sofrimento pessoal; manter escorado o seu mundo que estava desmoronando”.


Ferimentos de um amigo

Charles Lowery se queixou de dor lombar ao seu amigo. Ele buscava compreensão, mas recebeu uma avaliação honesta: “Não penso que o seu problema seja a dor lombar; é a sua barriga. Ela está tão grande que está prejudicando as suas costas.”

Um lugar seguro

Um jovem japonês tinha um problema — medo de sair de casa. Para evitar as outras pessoas, ele dormia o dia todo e passava a noite toda assistindo TV. Ele era um hikikomori — um ermitão moderno. O problema começou quando ele deixou de ir à escola devido às más notas. Quanto mais ele permanecia afastado da sociedade, mais se sentia um desajustado social. Finalmente, rompeu todas as comunicações com seus amigos e parentes. Porém, foi ajudado em sua jornada à recuperação visitando, em Tóquio, um clube de jovens conhecido como ibasho —um lugar seguro onde as pessoas abatidas podiam começar a reinserir na sociedade.

Jesus chorou

Enquanto eu lia, minha amiga se inclinou para ver o que era. Ela recuou e me olhou horrorizada. “Que título sombrio!”, disse.