Our Authors

ver tudo

Articles by Poh Fang Chia

Valorize os momentos

Su Dongpo (também conhecido como Su Shi) foi um dos maiores poetas e ensaístas de seu país. Enquanto exilado e contemplando a lua cheia, escreveu um poema para descrever o quanto sentia falta do irmão. “Nós nos alegramos e sofremos, reunimo-nos e partimos, enquanto a Lua cresce e diminui. Desde os tempos antigos, nada permanece perfeito. Que nossos entes queridos vivam por muito tempo e contemplem juntos essa bela cena a milhares de quilômetros de distância.”

Precisando de resgate

Aldo era adolescente e trabalhava sozinho num barco de pesca ancorado a cerca de 125 km da ilha de Sulawesi, na Indonésia, quando os ventos fortes derrubaram a cobertura do ancoradouro que desapareceu no mar. Por 49 dias, Aldo ficou no oceano. Toda vez que avistava um navio, acendia a lâmpada e tentava chamar a atenção dos marinheiros, apenas para se decepcionar. Cerca de dez navios passaram pelo adolescente desnutrido antes de ele ser resgatado.

Dúvida e fé

O senhor Ming Teck acordou com uma forte dor de cabeça pensando que fosse outra enxaqueca. Mas, ao sair da cama, caiu ao chão. Ele foi internado no hospital, e os médicos informaram que ele tivera um derrame. Após quatro meses de reabilitação, ele recuperou sua capacidade de pensar e conversar, mas ainda caminha mancando dolorosamente. Às vezes, ele se…

Faminto por Deus

Certo cristão tendo perdido a visão e as duas mãos numa explosão estava desesperado para ler a Bíblia. Ao ouvir falar de uma mulher que lia Braille com os lábios, tentou fazer o mesmo, mas descobriu que as terminações nervosas dos seus lábios também haviam sido destruídas. Mais tarde, alegrou-se ao descobrir que podia sentir os caracteres em braille com a língua! Ele havia encontrado uma maneira de ler e apreciar as Escrituras.

Orações sob o palheiro

Muitas vezes Samuel Mills e seus amigos se reuniram para orar pedindo que Deus enviasse mais pessoas a fim de compartilhar as boas-novas de Jesus. Em 1806 após voltarem de sua reunião de oração, eles foram pegos numa tempestade e se refugiaram sob um monte de feno. Sua reunião semanal de oração tornou-se então conhecida como a Reunião de Oração sob o Palheiro, que originou um movimento missionário global. Hoje, há um monumento chamado Orações sob o palheiro nos EUA lembrando o que Deus pode fazer através da oração.

Realidades invisíveis

Stephen Cass, editor da revista Discover, decidiu investigar algumas coisas invisíveis que fazem parte de seu cotidiano. Enquanto caminhava em direção a seu escritório, pensou: “Se as ondas de rádio fossem visíveis, o topo do Empire State Building [com seu conjunto de antenas de rádio e TV] estaria aceso como um caleidoscópio, iluminando toda a cidade”. Ele percebeu que estava cercado por um campo eletromagnético invisível de sinais de rádio e TV, wi-fi e muito mais.

Pequeno, mas significativo

O dia começou como qualquer outro, mas terminou como um pesadelo. Ester e centenas de mulheres foram sequestradas de seu colégio interno por um grupo religioso militante. Um mês depois, todas foram libertas, exceto Ester, que se recusara a negar a Cristo. Quando meu amigo e eu lemos sobre ela e os perseguidos por sua fé, isso comoveu o nosso coração. Queríamos fazer algo. Mas o quê?

É possível mudar

O grupo de jovens da minha igreja se reuniu para estudar Filipenses 2:3,4: “Não sejam egoístas, nem tentem impressionar ninguém. Sejam humildes e considerem os outros mais importantes que vocês. Não procurem apenas os próprios interesses, mas preocupem-se também com os interesses alheios”. Algumas das questões do estudo incluíam: Com que frequência você se interessa pelos outros? Os outros o descreveriam como alguém humilde ou arrogante? Por quê?

Do que você não pode desistir?

“Do que você não pode desistir?”, perguntou o apresentador. Alguns ouvintes responderam mencionando a família, incluindo um marido que compartilhava as lembranças da sua falecida esposa. Outros contaram que não poderiam desistir dos sonhos, como viver da música ou de ser mãe. Todos nós temos algo que valorizamos muito: uma pessoa, uma paixão, um bem, algo do qual não podemos desistir.

Novo ano, novas prioridades

Sempre quis aprender a tocar violoncelo, mas nunca tive tempo de me matricular num curso. Ou, melhor dizendo, nunca arranjei tempo para isso. Pensava que, no Céu, eu provavelmente dominaria esse instrumento. Nesse meio tempo, queria concentrar-me em usar o meu tempo para servir a Deus das formas como Ele me chamou a fazer.

Da vergonha à honra

É época de Natal, quando as famílias se reúnem para celebrar as festas natalinas. No entanto, alguns de nós tememos encontrar certos parentes “preocupados” cujas perguntas fazem os solteiros ou os que não têm filhos sentirem que há algo errado com eles.

A mão oculta de Deus

Meu amigo é filho adotivo de um casal missionário e cresceu em Gana. Quando ele foi para os EUA, começou a faculdade e precisou interrompê-la. Mais tarde, ele serviu o exército, o que eventualmente o ajudou a pagar a faculdade e o fez viajar mundo afora. Em tudo isso, Deus o preparava para um papel especial. Agora, ele escreve e edita literatura cristã que abençoa muitas nações.