Our Authors

ver tudo

Articles by Patricia Raybon

Cercados por Deus

Num aeroporto lotado, uma jovem mãe se virava sozinha. Seu filhinho fazia birra: gritando, chutando e se recusando a embarcar. Grávida, a jovem mãe sobrecarregada desistiu, abaixou-se no chão, frustrada, e cobrindo o rosto começou a soluçar.

Afastados

Em 1770, a casca do pão era usada para apagar marcas no papel. Pegando um pedaço de borracha de látex por engano, o engenheiro Edward Nairne descobriu que esse material apagava, deixando “partículas” que eram facilmente afastadas com a mão.

O espírito da Fika

A cafeteria da cidade perto da minha casa se chama Fika. É uma palavra sueca que significa fazer uma pausa com café e bolo, sempre na companhia da família, de colegas de trabalhos ou amigos. Eu não sou sueca, mas o espírito da fika descreve o que eu mais amo em Jesus: Sua prática de tomar o pão para comer e relaxar com os outros.

Visto por Deus

Meus primeiros óculos abriram meus olhos para um mundo nítido. Sou míope e vejo os objetos próximos nítidos e definidos. Sem eles, porém, os itens distantes ficam embaçados. Aos 12 anos, com os meus primeiros óculos, fiquei surpresa ao ver as palavras mais nítidas na lousa, as folhas pequenas das árvores e, talvez o mais importante, os lindos sorrisos das pessoas.

Um grande negócio

Um membro da família precisava de ajuda para pagar o seu aluguel do mês de dezembro. Para a família dele, o pedido parecia um fardo, principalmente com as despesas inesperadas que tiveram no final do ano. Mas, eles reviraram suas economias, gratos pela provisão de Deus — e foram abençoados pela gratidão do seu parente.

Seguindo o líder

No espaço aéreo sobre a nossa casa, três caças rasgam o céu, voando tão próximos que parecem ser apenas um. “Uau”, digo ao meu marido, Dan. “Impressionante”, ele concorda. Vivemos perto de uma base da Força Aérea e não é incomum ver essas manobras.

Espere o Messias

O mecânico parecia jovem demais para resolver o nosso problema: um carro que não pegava. “Ele é apenas uma criança”, meu marido sussurrou, duvidando. A descrença no jovem soava como os resmungos dos cidadãos em Nazaré que duvidavam sobre quem Jesus era.

Honrando Deus com gratidão


A médica não parecia carrancuda, apesar de conversar com meu marido sobre o recente diagnóstico do câncer dele. Sorrindo, ela sugeriu que começássemos cada dia dando graças: “Por três coisas pelo menos”. Dan concordou, sabendo que a gratidão abre o nosso coração para alcançarmos encorajamento na bondade divina. Hoje, ele começa o dia com louvor. Agradeço-te, Deus, pela boa noite de sono, pela minha cama limpa, pelo sol, pelo café da manhã e pelo sorriso nos lábios.


Pedindo ajuda

O e-mail dela chegou no fim de um longo dia. Na verdade, nem o abri, porque eu estava trabalhando muito para ajudar um membro de minha família que estava seriamente doente. Portanto, eu não tinha tempo para distrações sociais.