Our Authors

ver tudo

Articles by Marvin Williams

Nosso refúgio e fortaleza

Em agosto de 2004, o furacão Charley trouxe uma violenta destruição para certas áreas na Flórida, EUA. Durante o temporal, um jovem de 25 anos saiu do local onde estava à busca de proteção num dos seus lugares favoritos, um barraco debaixo dos galhos protetores de uma figueira-de-bengala. Mas a árvore caiu sobre o barraco e o matou. Algumas vezes, os lugares em que buscamos segurança podem ser os mais perigosos.

Dois reinos

Há algum tempo, li numa notícia de jornal que muitos jovens não veem a política como nos velhos tempos e consideram as eleições um ato sem utilidade, irracional. Pergunto-me na sequência, se nós, como seguidores de Jesus, também não pensamos assim a respeito de nossa responsabilidade como cidadãos!

Continue rindo

Na Alemanha, um juiz ordenou que um homem parasse de dar gargalhadas num parque. Joachim Bahrenfeld, um contador, foi levado à corte por um dos muitos corredores do local, que afirmava que os brados ensurdecedores de alegria de Bahrenfeld atrapalhavam as corridas. Se fosse reincidente, ele poderia pegar até seis meses de prisão. Bahrenfeld, de 54 anos, diz que vai rir no bosque quase todos os dias para aliviar-se do estresse. Ele diz: “Isso faz parte da minha vida, como comer, beber e respirar.” Para ele, um coração alegre que se expressa por meio de um riso sincero é importante para a saúde e a sobrevivência.

Pai, perdoa-lhes

Um menino de 12 anos, ao fazer uma visita escolar a um museu, grudou uma bola de chicletes numa pintura que valia 1,5 milhão de dólares. A goma de mascar deixou uma mancha do tamanho de uma moeda no quadro famoso A Baía, de Frankenthaler. Os peritos do museu não tinham certeza se conseguiriam remover aquela mancha totalmente. O menino foi suspenso da escola. Um representante da instituição de ensino disse: “Acho que ele não entendeu as consequências do seu ato.”

Nomes e mais nomes

Dalton Conley, sociólogo renomado, e sua esposa pediram permissão legal para mudar o nome do seu filho, de cinco anos, para Yo Xing Heyno Augustus Eisner Alexander Weiser Knuckles Jeremijenko-Conley. Na verdade, a maior parte desse nome já lhe pertencia — mas seus pais acrescentaram mais três. Eles tinham razões específicas para cada um deles.

Reforma

Em 2001, o evangelista britânico J. John falou em Liverpool, Inglaterra, sobre o 8.º mandamento: “Não furtarás” (Êxodo 20:15; Deuteronômio 5:19). O resultado de sua pregação foi impressionante.

Generosidade radical

Priscila, que trabalha num restaurante popular, atendeu um de seus clientes fiéis por três anos. Ele sempre lhe dava uma boa gorjeta, às vezes mais da metade do preço da refeição. Um dia ele se superou — deu-lhe R$ 20 mil por uma refeição que custou R$ 50, e disse-lhe: “Quero que você saiba que isso não é brincadeira.” Que demonstração esplêndida de generosidade radical!

Abastança

É difícil negar o aumento da riqueza em muitas partes do mundo, já que pessoas de sociedades abastadas acumulam celulares caros e TVs de tela plana. Você pode chamar isso de “abundância”. Todavia, há ansiedades em meio a tanta prosperidade. Alguém disse que se trata do “quebra-cabeça da nossa época”, com relação à economia. Eu me pergunto: Se isso é verdade, por…

Prostrados

Os antigos gregos e romanos se negavam a ajoelhar-se como parte de sua adoração. Eles diziam que ajoelhar-se era algo indigno para um homem livre, inadequado para a cultura da Grécia e apropriado somente para os bárbaros. Os eruditos Plutarco e Teofrasto consideravam que ajoelhar-se era uma demonstração de superstição. Aristóteles chamou-o de uma forma incivilizada de comportamento. Todavia, essa crença nunca…

Integridade 101

Os oficiais numa certa cidade surpreenderam-se ao receber uma carta e o dinheiro de um motorista que havia recebido uma multa por excesso de velocidade, em 1954. O turista inglês, tinha visitado aquela cidade, e sido multado por excesso de velocidade. A multa fora de uns 32 reais, mas ele a esquecera por quase 52 anos até descobri-la — num casaco velho. Ele, agora com 84 anos, vive num asilo, e disse: “Pensei: tenho que pagar essa multa, e assim minha consciência ficará limpa.”

Pão para o dia seguinte

Há pouco tempo, viajei para a República Democrática do Congo para liderar uma conferência bíblica. Vi a beleza da Floresta Nyungwe e do rio Ruzizi, que separa o Congo de Ruanda. Experimentei a maravilhosa hospitalidade das pessoas do Congo, e fiquei emocionado com a fé sincera do povo em relação a provisão divina.

Joia rara

Quando Betty Goldstein entrou no hospital, seu esposo Ronaldo guardou o anel de diamantes dela, de 3,5 quilates, num guardanapo. Mas num momento de descuido, o Sr. Goldstein jogou o guardanapo no lixo.