Our Authors

ver tudo

Articles by Kirsten Holmberg

Linhas azuis

As pistas de esqui são marcadas por faixas de tinta azul espalhadas sobre o branco da neve. As marcas imperfeitas podem distrair os espectadores, mas são vitais para o sucesso e a segurança dos competidores. A pintura serve como guia para os esquiadores visualizarem a linha mais rápida até o final da colina. Além disso, o contraste da tinta contra a neve dá a percepção de profundidade aos esquiadores, o que é crítico para a segurança deles quando descem em velocidades tão altas.

Pergunte a quem é dono de um

No início do século 20, a Packard Motor Car Company criou um slogan para atrair compradores. “Pergunte a quem é dono de um” tornou-se a propaganda poderosa que contribuiu para a reputação da empresa como fabricante do veículo de luxo dominante na época. Eles demonstraram que entendiam que o testemunho pessoal atrai o ouvinte e que a satisfação de um amigo com um produto é um endosso poderoso.

Olhos detrás da minha cabeça

Fui tão travessa quanto outras crianças em meus primeiros anos e tentava esconder o meu mau comportamento para evitar problemas. Porém, minha mãe geralmente descobria o que eu tinha feito. Lembro-me de ficar espantada com a rapidez e precisão que ela descobria minhas travessuras. Ao me surpreender e perguntar-lhe como sabia, a resposta era sempre: “Tenho olhos detrás da cabeça”. Isso, é claro, levou-me a observá-la sempre que ela virava de costas. Seus olhos eram invisíveis ou encobertos por seus cabelos ruivos? Ao crescer, desisti de procurar por evidências de seus olhos extras e percebi que eu não era tão sorrateira quanto supusera. Seu olhar atento era a prova de seu amoroso cuidado por seus filhos.

Compartilhando as fatias

Estêvão, de 62 anos, veterano militar e sem-teto, escolheu um lugar de clima mais ameno onde dormir ao relento fosse tolerável o ano todo. Certa noite, enquanto exibia as suas artes manuais na tentativa de ganhar algum dinheiro, uma jovem se aproximou e ofereceu-lhe várias fatias de pizza. Estêvão aceitou com gratidão. Momentos depois, ele as compartilhou com outro sem-teto faminto. A mesma jovem ressurgiu com outro prato com pizzas, reconhecendo a generosidade dele.

Aqui para você

Em Paris e em muitas cidades ao redor do mundo, as pessoas auxiliam os sem-teto em suas comunidades. Roupas dentro de bolsas impermeáveis são penduradas em cercas para os que vivem nas ruas satisfazerem suas necessidades. Com etiquetas dizendo: “Não estou perdida; São suas se estiver com frio”. As roupas aquecem os necessitados e ensina sobre a importância de ajudar os sem-teto da comunidade.

A melhor estratégia para a vida

Observávamos o jogo de basquete da minha filha quando ouvimos o treinador dizer uma única palavra para as jogadoras: “Duplas”. Imediatamente, a estratégia defensiva mudou de um contra um para duas jogadoras contra a oponente que segurava a bola. Elas foram bem-sucedidas em frustrar os esforços da oponente para lançar e marcar, eventualmente, a dupla levou a bola à sua cesta.

A paz encheu os corações

Durante 45 anos após encerrar a carreira como atleta profissional, o nome de Jerry Kramer não entrou para o hall da fama dos esportes (o mais alto reconhecimento). Embora tivesse sido indicado dez vezes, jamais recebeu essa honra. Mas Kramer era amável ao dizer: “É como se a Liga de Futebol Americano tivesse me dado cem presentes ao longo da minha vida, e aborrecer-me ou ficar zangado por não ter recebido um deles seria no mínimo um absurdo!”.

Alegria em lugares difíceis

A mensagem de voz da minha amiga terminava com: “Faça o seu dia ser bom!”. Ao refletir sobre suas palavras, percebi que não temos o poder de tornar o nosso dia sempre “bom” — algumas circunstâncias são devastadoras. Mas um olhar cauteloso pode revelar algo belo no meu dia, mesmo que as coisas estejam ruins.

O retorno dos investimentos

Em 1995, os investidores da bolsa norte-americana tiveram um recorde de lucros: em média, 37,6%. Depois, em 2008, quase perderam a mesma porcentagem: negativos 37%. Durante esse período de 13 anos, os lucros variaram, levando quem tinha dinheiro aplicado a imaginar o que aconteceria com o seu investimento.

Reverência silenciosa

Minha vida muitas vezes é frenética. Saio correndo de um compromisso para o seguinte, retornando as chamadas e conferindo a lista de tarefas no caminho. Um domingo, completamente exausta, desmoronei na rede do jardim. Meu celular estava dentro de casa; meu marido e meus filhos, também. Eu tinha planejado me sentar lá por um momento, mas comecei a notar coisas que me convidavam a me demorar mais. Pude ouvir o ruído do vai-e-vem da rede, o zumbido de uma abelha numa flor próxima e as batidas das asas de um pássaro. O céu estava azul, e as nuvens se moviam com o vento.

Restaurados

Em 2003, uma infestação de grilos mórmon causou um prejuízo de 25 milhões de dólares em colheitas perdidas. Eram tantos que as pessoas não conseguiam dar um passo sequer sem pisar em um grilo. O inseto, semelhante a um gafanhoto, foi o responsável por atacar as colheitas dos pioneiros de Utah, EUA, em 1848. Esse grilo pode comer incríveis 17 kg de plantas durante a vida apesar de medir entre 5 cm e 7 cm apenas. O impacto das infestações sobre o lucro dos fazendeiros e sobre a economia do estado ou país pode ser devastador.

Olhos firmemente fechados

Meu sobrinho sabia que não deveria ter agido daquele jeito. Era fácil perceber que ele sabia que estava errado: estava escrito em sua face! Quando me sentei para conversar sobre o seu erro, ele fechou rapidamente os olhos com força. Lá estava ele, pensando (com a lógica de um garoto de 3 anos) que, se ele não me visse, eu também não seria capaz de vê-lo. Achava que, se estivesse invisível para mim, poderia evitar a conversa e as consequências que ele já esperava.