Our Authors

ver tudo

Articles by David C. McCasland

Há algo que eu deveria saber?

O cantor e compositor David Wilcox respondeu a uma pergunta da plateia sobre como ele compõe músicas. E disse que há três aspectos nesse processo: um quarto silencioso, uma página em branco, e a pergunta: “Há algo que eu deveria saber?”. Pareceu-me uma abordagem maravilhosa para os cristãos que buscam o plano do Senhor para o andar diário.

Lembretes importantes

O antropólogo Anthony Graesch diz que o lado exterior da geladeira revela o que é importante para as pessoas. Durante uma pesquisa feita com famílias, Graesch e seus colegas observaram uma média de 52 itens colocados nela — incluindo horários escolares, fotos de família, desenhos infantis e ímãs. Graesch chama a geladeira de “depósito de memória da família”.

Nosso estilo de vida

Fiquei impressionado com uma frase que ouvi ser citada de uma tradução contemporânea da Bíblia. Ao pesquisar a frase “nosso estilo de vida” para localizar a passagem, os resultados enfatizavam algo que as pessoas sentiam estar ameaçando seu modo de vida esperado. Destacavam-se entre as ameaças percebidas: as alterações climáticas, o terrorismo e as políticas governamentais.

Derrota ou vitória?

Todos os anos, em 18 de junho, a grande batalha de Waterloo é lembrada no que é hoje a Bélgica. Nesse dia, em 1815, o exército francês de Napoleão foi derrotado por uma força multinacional comandada pelo duque de Wellington. Desde então, a frase “encontrar sua Waterloo” passou a significar “ser derrotado por alguém forte demais para você enfrentar ou por um problema muito difícil para você”.

Força para os cansados

Em um belo dia ensolarado, eu estava caminhando em um parque e me sentindo muito cansado no espírito. Não era apenas uma coisa me pesando — parecia ser tudo. Ao parar para sentar-me num banco, notei uma pequena placa colocada ali em memória amorosa de um “devotado marido, pai, irmão e amigo”. Também na placa estavam as palavras: “Mas os que esperam no Senhor renovam as suas forças, sobem com asas como águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam” (Isaías 40:31).

Ele esteve em nosso lugar

Para ajudar sua equipe de jovens arquitetos a entender as necessidades daqueles para quem eles projetam habitação, David Dillard lhes envia a “festas do pijama”. Eles vestem pijamas e passam 24 horas num centro de idosos, nas mesmas condições das pessoas acima de 80 anos. Eles usam tampões de ouvido para simular perda auditiva, unem os dedos com fita adesiva para limitar a destreza manual e trocam de óculos para replicar problemas de visão. Dillard diz: “O maior benefício é que ao enviar jovens de 27 anos, eles voltam com um coração dez vezes maior. Eles conhecem as pessoas e compreendem seus problemas” (Rodney Brooks, USA Today).

Sempre sob os Seus cuidados

O veterano repórter, Scott Pelley, nunca sai em missão sem o que considera o essencial para a sua viagem: rádio de ondas curtas, câmera, mala indestrutível, computador portátil, telefone e um localizador de emergência que funciona em qualquer lugar. “Você estende a antena, aperta dois botões e ele envia um sinal a um satélite ligado a outro satélite em específico”, diz Pelley. “Ele informa quem sou e onde estou. Dependendo do país em que você está, eles enviarão uma equipe de resgate ou não.” Pelley nunca precisou usar o sinalizador, mas jamais viaja sem ele.

Não há alegria maior

Conheci um jovem casal que gostava de diversão e tinha três filhos pequenos quando sua vida tomou um rumo novo e maravilhoso. Em 1956, eles participaram de uma conferência evangelística e entregaram-se a Cristo. Pouco depois, no intuito de alcançar outros para compartilhar sua fé e a verdade acerca de Cristo, abriram a sua casa todas as noites de sábado para os alunos de Ensino Médio e universitários que desejassem estudar a Bíblia. Um amigo me convidou e tornei-me um frequentador dessa casa.

Maior do que o caos

Um dos principais temas do segundo livro de Samuel, do Antigo Testamento, poderia ser facilmente: “A vida é um caos!” Ele tem todos os elementos de uma minissérie de sucesso para a TV. Ao procurar estabelecer seu domínio como rei de Israel, Davi enfrentou desafios militares, intriga política, traição por amigos e membros da família. E, certamente, o próprio Davi não era inculpável, como mostrou claramente a sua relação com Bate-Seba (2 Samuel 11–12).

Este é o dia

Em 1940, a Dra. Virginia Connally, de 27 anos, enfrentou oposição ao tornar-se a primeira médica mulher nos EUA. Poucos antes de completar 100 anos, em 2012, ela recebeu um prêmio de distinção por seus serviços, a maior honraria médica do seu estado. Entre esses dois momentos marcantes, ela difundiu com amor o evangelho ao redor do mundo, usando suas muitas viagens médicas missionárias enquanto servia a Deus e aos outros — um dia por vez.

Perto demais

Cresci num lugar onde o mau tempo é comum do início da primavera ao fim do verão. Lembro-me de uma noite de céu cheio de nuvens escuras, em que a TV alertou sobre a aproximação de um tornado e a energia elétrica acabou. Rapidamente, meus pais, minha irmã e eu descemos a escada de madeira até o porão atrás da casa, feito para nos protegermos das tempestades, e ficamos lá até a tempestade passar.

Obituário de três palavras

Antes de morrer, Stig Kernell disse à agência funerária local que não queria um obituário tradicional. Em vez disso, o sueco os instruiu a publicar apenas três palavras como nota do seu falecimento: “Eu estou morto.” Quando o Sr. Kernell morreu aos 92 anos, foi exatamente isso o que apareceu. A audácia e simplicidade de sua nota de falecimento incomum chamou a atenção dos jornais de todo o mundo. Numa estranha reviravolta, a curiosidade internacional sobre o homem com o obituário de três palavras causou mais atenção à sua morte do que ele pretendia.