Our Authors

ver tudo

Articles by Alyson Kieda

Desculpas


Em 2005, o policial Collins fraudou um relatório que resultou na prisão de McGee por 4 anos. McGee jurou encontrá-lo e “feri-lo” quando recebesse a liberdade. McGee foi finalmente exonerado, mas antes perdeu tudo. Nesse meio tempo, os vários relatórios falsificados de Collins foram descobertos, ele perdeu o emprego e também foi preso. Porém, ambos se converteram na prisão.


Pergunte aos animais

Extasiados, os nossos netos deram uma boa olhada, mais de perto, numa águia-de-cabeça-branca resgatada e até puderam tocá-la. Quando a voluntária do zoológico falou sobre a incrível ave, surpreendi-me ao saber que extensão de asas daquele macho tinha quase dois metros. Mas, por causa dos ossos ocos, pesava uns 3 quilos.


Quando estamos esgotados

Às vezes, tentar fazer o que é certo pode ser exaustivo. Podemos pensar: Será que as minhas palavras e atitudes bem-intencionadas fazem alguma diferença? Pensei o mesmo recentemente depois de meditar e enviar um e-mail para encorajar um amigo (apenas para receber uma resposta zangada). Minha reação imediata foi uma mescla de mágoa e ira. Como ele pôde distorcer as minhas palavras?


Cuidado de Deus por nós

Meus netinhos gostam de se vestir sozinhos. Às vezes, colocam a camiseta de trás para frente, e o mais novo frequentemente calça os sapatos com os pés trocados. Geralmente não tenho coragem de apontar o erro, além disso, acho a inocência deles cativante.

Amo ver o mundo através dos olhos deles. Para eles, tudo é uma aventura: seja andar sobre o…

Jesus sabe o porquê

Tenho amigos que foram parcialmente curados, mas ainda lutam com aspectos dolorosos das suas doenças. Outros foram curados de vícios, e ainda se debatem com sentimentos de inadequação e autoaversão. Pergunto-me: Por que Deus não os cura completamente — de uma vez por todas?

Em Marcos 8:22-26, lemos a história de Jesus curando um cego de nascença. Primeiro Jesus o afastou…

Ainda que…

Às vezes, a vida nos atinge com um tremendo golpe. Outras, o milagre acontece.

Três jovens, cativos na Babilônia, ficaram diante do temido rei daquela terra e, corajosamente, declararam que sob nenhuma circunstância adorariam a gigantesca imagem de ouro perante eles. Juntos, declararam: “Se formos lançados na fornalha ardente, o Deus a quem servimos pode nos salvar. Sim, ele nos livrará de…

Como criança

Amenina dançava alegre e graciosamente com a música de louvor. Ela era a única no corredor, mas isso não evitou que rodopiasse, balançasse os braços e levantasse os pés com a música. Sua mãe, sorrindo, não tentou impedi-la.

Meu coração se alegrou ao observá-la e desejava me juntar a ela — mas não o fiz. Há muito tempo já tinha perdido…

Seguindo-o

Quando eu era criança, ficava na expectativa dos cultos de domingo à noite. Eram emocionantes, pois, com certa frequência, ouvíamos missionários e outros convidados. As mensagens deles me inspiravam por causa da disposição que tinham em deixar família e amigos — e, às vezes, casas, bens e carreiras — para servir a Deus em lugares estranhos e, às vezes, perigosos.

Como aqueles…

Amigos improváveis

Meus amigos do Facebook postam vídeos de amizades improváveis entre os animais, como o de um cão e um porco que são inseparáveis, de um cervo e um gato ou ainda de um orangotango fêmea cuidando de filhotes de tigre.

Ao ver essas amizades incomuns, lembro-me da descrição do jardim do Éden. Lá, Adão e Eva viviam em harmonia com…

Alegria

Estou me aproximando rapidamente de uma nova temporada: o inverno da velhice. Mas ainda não cheguei lá. Mesmo que os anos estejam voando, às vezes, eu gostaria de retardá-los, tenho alegrias que me sustentam. Cada dia é um novo dia que me foi dado pelo Senhor. Com o salmista, posso dizer: “É bom dar graças ao Senhor […] É bom…

Jesus ama Maysel


Quando minha irmã Maysel era pequena, ela cantava uma canção familiar em sua própria maneira: “Cristo tem amor por Maysel, pois a Bíblia assim me diz”. Isso me irritava ao extremo! Como uma de suas irmãs mais velhas e “mais sábias”, eu sabia que as palavras eram “por mim”, e não “por Maysel”. No entanto, ela insistia em cantar à sua maneira.


Grande amor


Recentemente, cuidamos pela primeira vez de nossa neta, Moriah, de quase 2 anos durante a noite, sem a companhia dos seus irmãos mais velhos. Esbanjamos atenção, amor e tempo exclusivo para ela, e nos divertimos fazendo as coisas que ela gosta de fazer. No dia seguinte, após deixá-la em casa, nos despedimos e fomos à porta. Sem uma palavra, Moriah pegou sua mochila e começou a seguir-nos.