Our Authors

ver tudo

Articles by acharles

Morrer pelos outros

Eu amo pássaros; por isso, comprei seis pássaros engaiolados e os levei a casa para nossa filha Alice, que começou a cuidar deles diariamente. Mas um dos pássaros adoeceu e morreu. Questionamos se eles não teriam maiores probabilidades de se desenvolver caso não estivessem engaiolados. Assim, libertamos os cinco sobreviventes e os observamos voar para longe, em festa.

Bom remédio

Moro em Acra, Gana, e aqui dirigir sem muito cuidado, com o ânimo exaltado e o uso de linguagem chula por alguns motoristas de táxi e micro-ônibus causam constantes brigas de trânsito. Porém, testemunhei um incidente que tomou outro rumo. Um ônibus quase foi abalroado por um taxista descuidado. Eu esperava que o motorista do ônibus fosse irar-se e gritar com o do táxi, mas ele não o fez. Em vez disso, relaxou seu rosto austero e deu um grande sorriso para o taxista com cara de culpado. Aquele sorriso fez maravilhas. Levantando a mão, o taxista se desculpou, sorriu e se afastou — a tensão se dissipou.

Passe adiante

Gosto muito de assistir as corridas de revezamento. A força física, velocidade, habilidade e resistência exigidas dos atletas me maravilham. Mas um ponto crucial da corrida sempre recebe minha atenção especial e me deixa ansioso: o momento em que o bastão é passado ao atleta seguinte. Um momento de atraso, uma escorregadela e a corrida pode estar perdida.

O bom perfume

Uma perfumista declarou que reconhece certas combinações de aromas e adivinha quem criou a fragrância. Inalando apenas uma vez, consegue dizer: “Este foi feito por Fulano.”

Tudo vem de Deus

Aos 18 anos tive o meu primeiro trabalho em período integral e aprendi uma importante disciplina: economizar dinheiro. Trabalhei e guardei dinheiro até ter o suficiente para pagar um ano de faculdade. Então minha mãe precisou fazer uma cirurgia de emergência e percebi que tinha o dinheiro no banco para pagar pela cirurgia.

Fazendo o que Ele diz

Como eu precisava de uma cisterna subterrânea e sabia exatamente como a queria, dei instruções claras ao empreiteiro. No dia seguinte, quando inspecionei o projeto, irritei-me ao perceber que ele não tinha seguido as instruções. Ele havia mudado o plano e, portanto, o resultado. A desculpa que deu irritou tanto quanto o seu fracasso em seguir minhas ordens.

Vida honrosa

Num famoso discurso, um respeitado líder e estadista chamou a atenção de sua nação ao declarar que a maioria dos Membros do Parlamento (MPs) de seu país era bastante desonrosa. Citando corrupção, atitudes pomposas, linguajar chulo e outros vícios, ele os repreendeu e os exortou a se corrigirem. Como esperado, eles não aceitaram bem os comentários e o criticaram.

Vigie e ore

De minha janela posso ver um monte de 1.700 metros chamado Cerro del Borrego ou “Monte da Ovelha”. Em 1862, o exército francês invadiu o México. Enquanto o inimigo acampava no parque central de Orizaba, o exército mexicano estabeleceu sua posição no topo do monte. Entretanto, o general mexicano negligenciou proteger o acesso ao topo. Enquanto os soldados mexicanos dormiam, os franceses atacaram e mataram dois mil deles.

O seu Pai sabe

Eu tinha apenas 4 anos quando dormi ao lado de meu pai em um tapete numa noite quente de verão. (Minha mãe, com um bebê, tinha seu próprio quarto naquele momento). Vivíamos no norte de Gana, onde o clima é predominantemente seco. O suor cobria o meu corpo e o calor ressequia a minha garganta. Eu sentia tanta sede, que sacudi meu pai para acordá-lo. No meio daquela noite seca, ele se levantou e despejou água de uma jarra para eu matar minha sede. Ao longo de minha vida, como naquela noite, ele exemplificou a imagem de um pai carinhoso, fornecendo-me o que eu precisava.

Porque eu o amo

Um dia antes de meu marido voltar para casa de uma viagem de negócios, meu filho disse: “Mamãe! Eu quero que o papai volte para casa”. Perguntei-lhe por que, esperando que ele dissesse algo sobre os presentes que seu pai costumava trazer ao voltar, ou que estivesse com saudade de jogar bola com ele. Mas com solene seriedade, ele respondeu: “Eu quero que ele volte porque eu o amo!”

Livre do medo

O medo se infiltra em meu coração sem permissão. Ele pinta um quadro de desamparo e desesperança; rouba a minha paz e a minha concentração. Qual o meu temor? Estou preocupada com a segurança da minha família ou a saúde dos entes queridos. Entro em pânico com a perda de um emprego ou um relacionamento desfeito. O medo demonstra as minhas preocupações interiores e revela um coração que, às vezes, acha difícil confiar.

Confiança mal direcionada

Gosto de observar aves, desenvolvi essa atividade, enquanto crescia numa aldeia florestal em Gana, onde tínhamos muitas espécies. No bairro onde vivo agora, observei, recentemente, o comportamento de alguns corvos que me interessavam. Voando em direção a uma árvore sem a maioria de suas folhas, os corvos decidiram descansar. Mas em vez de escolherem os galhos robustos, eles pousaram sobre os galhos secos e frágeis, que rapidamente quebraram. Eles voaram para escapar do perigo, apenas para repetir o esforço inútil. Aparentemente, sua percepção não lhes disse que os ramos sólidos seriam lugares de descanso mais confiáveis e seguros.