Um dia, quando fiquei profundamente preocupado com o bem-estar de alguém muito próximo a mim, encorajei-me com a história de Samuel, um sábio líder dos israelitas. Ao ler como ele intercedeu pelo povo de Deus ao enfrentarem problemas, reforcei a minha determinação em orar por quem amo.

Os israelitas enfrentaram a ameaça dos filisteus, que já os tinham derrotado anteriormente, quando o povo de Deus não confiou no Senhor (1 SAMUEL 4). Depois de se arrependerem dos seus pecados, ouviram que os filisteus estavam prestes a atacar. Desta vez, porém, pediram a Samuel que continuasse orando por eles (7:8), e o Senhor respondeu claramente, confundindo os seus inimigos prontamente (v. 10). Embora os filisteus pudessem ser mais poderosos do que os israelitas, o Senhor era o mais forte de todos.

Quando sofremos por causa dos desafios enfrentados por aqueles que amamos e tememos que a situação possa não mudar, podemos ser tentados a acreditar que o Senhor não agirá. Mas nunca devemos subestimar o poder da oração, pois o nosso Deus amoroso ouve as nossas petições. Não sabemos como Ele agirá em resposta aos nossos clamores, mas sabemos que, como nosso Pai, Ele anseia por nos envolver em Seu amor e que confiemos em Sua fidelidade. Por quem você pode orar hoje?