Refuge Rabindranath trabalha com a juventude no Sri Lanka há mais de 10 anos. Muitas vezes, ele interage com os jovens tarde da noite: brincando, ouvindo, aconselhando e ensinando-os. Ele gosta de trabalhar com os jovens, mas isso pode ser desanimador quando, às vezes, alguns se afastam da fé. Nesses momentos, ele se sente um pouco como Simão Pedro em Lucas 5.

Simão tinha trabalhado a noite toda, mas sem pegar nem um peixe, e sentiu-se desanimado e cansado. No entanto, quando Jesus lhe disse: “…lançai as vossas redes para pescar”, Simão lhe respondeu: “…sob a tua palavra lançarei as redes” (vv.4,5).

A obediência de Simão é notável. Como pescador experiente, ele sabia que os peixes se movem para o fundo do lago quando o sol está acima, e as redes que eles usavam não poderiam ir fundo suficientemente para pegá-los.

Sua vontade de confiar em Jesus foi recompensada. Ele não só teve uma grande pesca, mas compreendeu melhor a pessoa de Jesus. Deixou de chamá-lo de “Mestre” (v.5) para chamá-lo de “Senhor” (v.8). De fato, “ouvir Sua voz” muitas vezes, nos permite ver as obras de Deus em primeira mão e a nos aproximarmos mais dele.

Talvez Deus o esteja chamando para lançar as suas redes novamente. Que respondamos ao Senhor como Simão: “…sob a tua palavra lançarei as redes”.