Ao encontrar os meus diários da faculdade não pude resistir a relê-los. Lendo minhas anotações, percebi que hoje me sinto diferente. As lutas com a solidão e as dúvidas sobre minha fé eram esmagadoras, mas olhando para trás vejo claramente como Deus me levou a um lugar melhor. Ver como Deus gentilmente me conduziu naqueles dias lembrou-me de que o que parece esmagador hoje, um dia será parte de uma história maior do Seu amor e cura.

O Salmo 30 é um salmo de celebração que também, da mesma maneira, reflete sobre o passado com espanto e gratidão pela poderosa restauração de Deus: da doença à cura, da ameaça da morte à vida, do julgamento de Deus ao desfrutar do Seu favor, do luto à alegria (2,3,11).

É um salmo atribuído a Davi, a quem devemos alguns dos lamentos mais dolorosos nas Escrituras. Mas Davi também experimentou restauração tão incrível a ponto de confessar: “…Ao anoitecer, pode vir o choro, mas a alegria vem pela manhã” (v.5). Apesar de toda a dor que ele tinha suportado, Davi descobriu algo ainda maior — a poderosa mão de Deus para curar.

Se você está sofrendo hoje e precisa de encorajamento, relembre-se das vezes em seu passado, quando Deus o levou até um lugar de cura. Ore e confie que Ele o fará novamente.