Month: maio 2019

O remédio para o ciúme


Concordei alegremente em cuidar dos meus netos enquanto seus pais sairiam à noite. Depois dos abraços, perguntei-lhes sobre o fim de semana (cada um tinha tido aventuras diferentes). Bruno, 3 anos, contou quase sem fôlego como passara a noite com sua tia e tio, tomara sorvete, e também tinha brincado em um carrossel e assistido a um filme! Em seguida, foi a vez de Samuel, 5 anos. Ele respondeu: “Acampamento” “Você se divertiu?”, perguntei-lhe. “Não muito”, ele respondeu triste.


Semelhantes


Dizem que todos nós temos um sósia, alguém que se parece muito conosco.


Defendendo Deus


Os adesivos contra Deus no vidro traseiro do carro chamaram a atenção de um professor universitário. Como ex-ateu, o professor pensou que talvez o proprietário quisesse que os cristãos sentissem raiva. “A raiva ajuda o ateu a justificar o seu ateísmo”, explicou. E advertiu: “Com muita frequência, o ateu obtém exatamente o que está procurando.”


Ao piscar, pense em Deus


“Deus é como uma pálpebra”, minha amiga Rosane disse, e eu pisquei de surpresa. O que ela queria dizer com isso?


Como enxergar Deus


Os caricaturistas vão a lugares públicos e desenham caricaturas de pessoas dispostas a pagar um preço modesto por uma imagem bem-humorada de si mesmos. Os desenhos nos divertem porque exageram em uma ou mais características físicas de maneira que sejam reconhecíveis, mas engraçadas.


Encontrando a saída


Em certa cidade, há uma rua com um nome intrigante: “Saia se puder”. Quando a rua foi nomeada pela primeira vez, a área limitava-se a um pântano que por vezes inundava, e os urbanistas do local lhe deram esse nome como um aviso para que as pessoas ficassem longe dela.