Month: abril 2019

Sempre amado


É quase impossível passarmos um dia sem sermos desprezados, ignorados, ou de alguma forma diminuídos. Às vezes, fazemos isso conosco mesmo.


Quando chega a manhã


Era tarde quando paramos numa pousada na Alemanha. Nosso quarto era acolhedor e tinha uma varanda, embora a névoa tornasse impossível ver por entre a escuridão. Mas, horas mais tarde, quando o sol se levantou, a névoa desvaneceu. E pudemos ver — uma cena idílica, que tinha sido severamente envolta em névoas na noite anterior, — nos prados verdes, o pasto com ovelhas calmas e exuberantes com pequenos sinos tilintando em seus pescoços, e grandes nuvens no céu que pareciam ovelhas enormes e macias.


Uma alternativa para a ira


Certa manhã, um jovem descobriu que o seu carro tinha desaparecido. Em seguida percebeu que tinha estacionado em zona restrita e seu veículo tinha sido rebocado. Depois de considerar a situação e na quantia enorme que pagaria de multa, reboque e estacionamento, sentiu-se frustrado. Mas decidiu não se irritar com a pessoa que o ajudaria a recuperar o seu carro. Em vez de externar sua raiva, ele escreveu um poema bem-humorado sobre a situação e o leu para o funcionário que ele conheceu no pátio de reboque. O trabalhador gostou do poema, e assim evitou um confronto mais rude.


Aprender a língua


Eu estava numa pequena igreja da Jamaica e disse em meu melhor dialeto local, “Wah Gwan, Jamaica?” A reação foi melhor do que eu esperava, com os sorrisos e aplausos que recebi em troca.


Alguém para Toque


Os passageiros de um vagão do Metrô canadense testemunharam um momento tenso. Eles viram como uma mulher de 70 anos, gentilmente estendeu a mão e a ofereceu a um jovem cuja voz alta e palavras perturbadoras estavam assustando os outros passageiros. A bondade daquela senhora acalmou o homem que caiu no chão do trem com lágrimas nos olhos. Ele disse: “Obrigado, vovó”, levantou-se e foi embora. Mais tarde, a mulher admitiu que sentiu medo. Mas disse: “Sou mãe e ele precisava de alguém para tocá-lo.” Um juízo melhor poderia ter lhe feito manter a distância, mas ela aceitou correr esse risco por amor.


Não desista


Bob Foster, meu mentor e amigo há mais de 50 anos, nunca desistiu de mim. Sua amizade imutável e o encorajamento, mesmo durante meus momentos mais sombrios, ajudou-me a enfrentar minhas lutas.