Em março de 1974, os agricultores chineses cavavam um poço quando descobriram algo surpreendente: Enterrado sob a terra seca da China central estava o Exército de 
Terracota — esculturas em terracota em tamanho real, que remontam ao século 3º a.C. Nesse achado extraordinário havia cerca de 8 mil soldados, 150 cavalos de batalha e 130 carruagens puxadas por 520 cavalos. Esse exército se tornou um dos locais turísticos mais populares da China e atrai mais de um milhão de visitantes por ano. Esse surpreendente tesouro ficou escondido durante séculos, mas agora está sendo compartilhado com o mundo.

O apóstolo Paulo escreveu que os seguidores de Cristo têm dentro de si um tesouro que deve ser compartilhado com o mundo: “Temos […] este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós” (2 Coríntios 4:7). O tesouro em nós é a mensagem de Cristo e do Seu amor.

Esse tesouro não deve ser escondido, mas sim compartilhado para que, pelo amor e a graça de Deus, pessoas de todas as nações possam ser acolhidas em Sua família. Que possamos, por meio da atuação do Seu Espírito, compartilhar esse tesouro com alguém hoje.