Talvez você tenha visto um comercial de TV no qual uma pessoa atende à porta e alguém lhe dá um cheque de uma enorme quantia de dinheiro. Então, o surpreso destinatário começa a gritar, dançar, pular e abraçar todos à sua volta. “Ganhei! Estou rico! Não acredito! Meus problemas estão resolvidos!”. Ficar rico evoca uma enorme reação emocional.

No Salmo 119, o maior capítulo da Bíblia, encontramos essa notável declaração: “Mais me regozijo com o caminho dos teus testemunhos do que com todas as riquezas” (v.14). Que comparação! Obedecer às instruções de Deus para a vida pode ser tão estimulante quanto receber uma fortuna! O versículo 16 repete este refrão, quando o salmista expressa uma grata alegria pelos mandamentos de Deus. “Terei prazer nos teus decretos; não me esquecerei da tua palavra.”

Mas e se não nos sentimos assim? Como contentar-se com as instruções de Deus para a vida pode ser tão estimulante quanto receber uma fortuna? Tudo começa com a gratidão, que é uma atitude e uma escolha. Damos atenção ao que valorizamos; por isso, começamos expressando nossa gratidão pelas dádivas de Deus que nutrem a nossa alma. Nós lhe pedimos para abrir os nossos olhos para vermos o suprimento de sabedoria, conhecimento e paz que Ele nos deu na Sua Palavra.

Quando nosso amor por Jesus cresce a cada dia, realmente ficamos ricos!