O antropólogo Anthony Graesch diz que o lado exterior da geladeira revela o que é importante para as pessoas. Durante uma pesquisa feita com famílias, Graesch e seus colegas observaram uma média de 52 itens colocados nela — incluindo horários escolares, fotos de família, desenhos infantis e ímãs. Graesch chama a geladeira de “depósito de memória da família”.

O Senhor pode usar um item tangível como uma foto, uma lembrança ou versículo das Escrituras para nos lembrar da Sua fidelidade e chamar-nos a obedecer Sua Palavra. Quando Moisés se dirigiu aos israelitas, pouco antes de entrarem na terra de Canaã, pediu-lhes para guardar todos os mandamentos que Deus lhes tinha dado. “Tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho […]. E as escreverás nos umbrais de tua casa e nas tuas portas” (vv.7,9).

Dar à Palavra de Deus um lugar visível de honra em suas casas e vidas era um poderoso lembrete diário para terem “…o cuidado de não esquecerem Deus, que os tirou do Egito, onde […] eram escravos” (v.12 ntlh).

Hoje o Senhor nos encoraja a nos lembrarmos de que, à medida que obedecemos a Sua Palavra, podemos depender do Seu fiel cuidado em tudo o que está por vir.