Como fã do meu time de futebol durante toda a vida, cresci conhecendo minha cota de decepção. Apesar de ser um time que nunca apareceu na primeira divisão do campeonato nacional, ainda assim têm uma base leal de fãs que não abandona o time ano após ano. Mas como os torcedores geralmente se decepcionam, muitos deles agora se referem ao estádio do time como a “Fábrica de Tristeza”.

O mundo sofrido em que vivemos também pode ser uma “fábrica de tristeza”. Parece haver um infindável suprimento de mágoa e decepção, seja por nossas próprias escolhas ou por coisas sobre as quais não temos controle.

Contudo, o seguidor de Cristo tem esperança — não só na vida futura, mas para o dia de hoje. Jesus disse: “Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo” (João 16:33). Observe que, sem minimizar as lutas ou a tristeza que poderemos enfrentar, Cristo opõe a elas as Suas promessas de paz, alegria e vitória final.

Uma enorme paz está disponível em Cristo, e ela é mais do que suficiente para nos ajudar a navegar pelo que quer que a vida jogue em nós.