Durante a era da Grande Depressão dos anos 1930, A pequena órfã Annie era uma série cômica e um programa de rádio. Anos mais tarde, tornou-se a base para a comédia musical Annie. A cena de abertura mostra Annie num orfanato, onde as meninas são forçadas a limpar e esfregar o chão, no meio da noite. Para expressar os seus sentimentos de indefesa, elas cantavam: “É uma vida de duras pancadas para nós. Ninguém se importa nem um pouco com você quando está num orfanato. É uma vida de duras pancadas.”

Quando falamos da “escola das pancadas fortes”, nos referimos às experiências difíceis, que conseguiram nos ensinar algo. Embora a natureza humana em si procure evitar a dor, o cristão pode aprender com as circunstâncias dolorosas. O salmista disse com sabedoria: “Foi-me bom ter eu passado pela aflição, para que aprendesse os teus decretos” (119:71). A dor particular do coração dele resultou de calúnias ao seu bom nome (vv.69,70). Mas mesmo nessa situação, o salmista compreendeu que as circunstâncias podiam ensiná-lo a valorizar a Palavra de Deus.

Qual problema você está enfrentando hoje? Entregue-o em oração ao Senhor. Depois medite nas Escrituras e agradeça a Deus pelas lições de vida que você está prestes a aprender. O Senhor dos céus e da terra é soberano — mesmo sobre a “escola das duras pancadas”.