Repletos de histórias inspiradoras, o livro Canja de galinha para a alma (Ediouro, 1995) logo se tornou o mais vendido. Não me admira. Um título que inclui uma “canja de galinha” traz lembranças da infância, nariz entupido e garganta irritada — quando somente um cobertor quente e a canja fumegante de galinha e arroz traziam algum alívio.

Hoje, as evidências científicas indicam que as mães foram bem inteligentes. A canja é benéfica para lutar contra resfriados. Também é uma das comidas que as pessoas descrevem como “comida leve”.

Quando não é o meu corpo, mas o coração que está doendo, anseio pelo conforto da Palavra de Deus, que traz alívio — “…lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós” (1 Pedro 5:7); palavras que nos asseguram que “…nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Romanos 8:39).

A Bíblia — o livro mais vendido de todos os tempos — está repleta de promessas, lembretes, desafios e conhecimento de Deus. Quando você sentir-se desencorajado, procure nutrir-se de uma boa porção da Palavra de Deus. Ter a Bíblia ao seu alcance (ou melhor, tê-la guardada em seu coração) é melhor, sem dúvida, do que um prato de canja de galinha preparado pela mamãe. A Bíblia vai aquecer e curar o seu coração.