Existe um acúmulo de detritos espaciais movendo-se na órbita do nosso planeta por mais de 7 quilômetros por segundo. Esses resíduos, descartados em voos espaciais, representam perigo no ar. A alta velocidade permite que o menor desses objetos tenha o mesmo impacto do disparo de uma bala de revólver. Durante a viagem de um ônibus espacial, um fragmento de tinta fez uma trinca de alguns milímetros em uma das janelas da espaçonave.

Um estudo revelou que há 110 mil objetos maiores do que 1 cm em órbita, cujo peso totaliza quase duas toneladas! Para evitar um desastre, a NASA monitora esses fragmentos.

As escolhas pecaminosas também criam o seu próprio tipo de lixo: consequências inconvenientes. Para Acã, o roubar e o esconder despojos de guerra, custou-lhe a vida (Josué 7). Depois que o rei Davi cometeu adultério e homicídio, instaurou-se a discórdia em sua família (2 Samuel 15-18).

Você tem algum “lixo” em sua vida? As consequências do pecado tendem a acumular-se. Quando confessamos os nossos pecados a Deus, Ele promete nos perdoar e purificar (1 João 1:9). Quando ferimos os outros, podemos buscar formas de reparar os nossos erros (Lucas 19:1-8). O Deus da graça nos dará sabedoria ao lidarmos com nossas más decisões do passado e nos ajudará a fazer boas escolhas no futuro.