Ao caminhar pelo pátio, o professor de um seminário deparou-se com o vigia que lia a Bíblia na hora do almoço. O professor perguntou-lhe o que lia. “Apocalipse”, disse o vigia. “Tenho certeza de que você não entende esse livro”, afirmou o professor. “Na verdade, entendo. Significa que Jesus vence”, respondeu o guarda.

Frente aos desafios da vida, é importante lembrar-se de que, no fim, Deus sempre vence! Como Seus planos sempre são vitoriosos, é muito mais sábio convergir para Sua vontade ao invés de competir com ela.

Na história de Rute, Deus estabeleceu o cenário para que Boaz resgatasse Rute e Noemi de uma vida de pobreza e vergonha, por não terem um herdeiro. Rute podia ter se tornado amargurada, como jovem viúva, e Boaz talvez pensasse que, por ser estrangeira, ela não seria uma esposa ideal. Mas ambos reconheceram a mão de Deus nas circunstâncias e convergiram com os planos dele para suprir as necessidades de Rute. A melhor parte da história é que esta não terminou ali. A salvação para o mundo ainda estava por vir por meio dos seus descendentes — primeiro Davi e depois Jesus (Mateus 1:5-16).

Podemos competir com os planos de Deus e ir atrás de nossos objetivos. Ou podemos convergir e aceitar o plano de Deus e nos juntarmos ao time vencedor. A escolha é nossa.