Maria trabalha muito porque quer que seu chefe reconheça o que ela faz e a recompense com uma promoção e um salário melhor. Márcia gosta de seu trabalho e do produto que é vendido pela sua companhia — e, por ser leal, trabalha muito para melhorar esse mesmo produto.

Maria é como aquela pessoa que espera que as boas obras ou a religião um dia sejam recompensadas por Deus. Tais pessoas contam com suas boas obras para chegar ao céu.

Márcia é um exemplo dos que confiam em Deus para a sua salvação. Tais pessoas fazem as boas obras motivadas tão somente pela gratidão e amor ao Senhor.

Pessoas religiosas podem crer em Deus, ir à igreja, fazer orações, ser bondosas e vistas como boas pessoas. Elas têm muitas boas qualidades, mas a religião não substitui a fé pessoal em Jesus Cristo, como Salvador.

Os que creem em Jesus, depositam sua confiança nele para receber o perdão dos seus pecados. Elas têm a certeza de que entrarão no céu, e procuram tornar-se mais semelhantes a Jesus todos os dias. O apóstolo Paulo afirmou que o caminho da salvação é pela graça, mediante a fé. Não é pelas obras, é dom de Deus (Efésios 2:8,9). O único caminho para chegar ao Pai celestial é pela fé em Jesus Cristo (João 14:6).

Você escolherá a religião ou Cristo?