Nossos princípios

Temos uma equipe de trabalho bem diversificada, que compartilha o mesmo laço de união: somos todos membros do corpo de Cristo. E, como tais, nossos dias de trabalho são governados pelos seguintes princípios bíblicos:

Nossos princípios

Fundamento bíblico

  • Honrar a Bíblia como o padrão pelo qual avaliamos todas as crenças, instrução, princípios e prática (2 Timóteo 3:16).
  • Permanecer fiéis à nossa declaração de fé (2 Timóteo 1:13).
  • Exibir uma visão doutrinária abrangente (Atos 20:27).

Qualificações para liderança

  • Selecionar líderes prestativos, de habilidade e caráter evidentes (Êxodo 18:21; 1 Timóteo 3:1-13).

Recursos espirituais e compromisso:

  • Permanecer em comunhão com o Senhor Jesus. Não dar-lhe motivo para dizer: “Contra você, porém, tenho isto: você abandonou o seu primeiro amor” (Apocalipse 2:4).
  • Fazer o trabalho de Ministérios Pão Diário na sabedoria e força do Senhor, em vez de tentar fazê-lo por conta própria (Gálatas 2:20; 3:3).
  • Demonstrar consistentemente um padrão coerente de comportamento, que nos distingue como povo do Senhor, seja fora ou dentro do ambiente de trabalho (1 Pedro 1:14,15).
  • Confiar sempre em Deus e fazer o que é certo (1 Pedro 3:16).

Preocupação por aqueles a quem servimos

  • Dar o tipo de atenção pessoal, rápida e prática que também gostaríamos de receber (2 Coríntios 4:5,15).
  • Falar a verdade com amor. Evitar ser ofensivo de modo desnecessário (2 Timóteo 2:24).
  • Cultivar um relacionamento franco e honesto com aqueles que respondem aos nossos esforços (2 Coríntios 4:2).
  • Ser sensível a todos os outros relacionamentos e esferas de influência, incluindo mas não se limitando a vendedores, visitantes, vizinhos, comunidade e governo (Romanos 13:7,8).

Preocupação com os companheiros de trabalho

  • Reconhecer o valor individual e os interesses pessoais daqueles com quem trabalhamos (Filipenses 2:1-4).

Qualidade de trabalho

  • Procurar esforçar-se em fazer um trabalho de qualidade e apresentação que dignifique, fortaleça e corrobore a nossa mensagem (1 Coríntios 10:31).
  • Ser fiéis em todos os recursos que nos são confiados (1 Coríntios 4:2).

Cárater de serviço:

  • Aumentar ou diminuir a abrangência do ministério, conforme a disponibilidade financeira.
  • Evitar endividamentos (Romanos 13:8).
  • Nunca fazer da sobrevivência da organização o motivo dominante para a tomada de decisões (Filipenses 1:19-26)
  • Evitar autoelogios (Provérbios 27:2).

Relacionamento com outros ministérios

  • Reconhecer e respeitar o que o Senhor está fazendo por meio de outros indivíduos e organizações (1 Coríntios 1:10-13).
  • Evitar toda e qualquer associação que venha a comprometer nosso propósito ou enfraquecer nossa eficácia (2 Coríntios 6:14).
  • Conduzir nossos ministérios de forma que venham a apoiar e complementar a igreja local (Efésios 4:1-7).