ABíblia fala muito sobre pão, mas a que pão o autor de Eclesiastes se refere? Que tipo de pão é esse que deve ser lançado sobre as águas?

Esse “pão” é a oportunidade que não deve ser desperdiçada. As oportunidades vêm e vão em nossa vida. As Escrituras mencionam algumas oportunidades que não podem ser perdidas: fazer o bem ao próximo (Provérbios 3:27); seguir Jesus e ser um discípulo fiel (Lucas 9:57-62); não perder as oportunidades para pregar o evangelho, mesmo quando cercado por adversários (1 Coríntios 16:8,9).

Esse tipo de pão quando é lançado nas águas retorna, no tempo de Deus. Em 1925, no Rio Grande do Sul, Maria Isabel, filha de lavadeira foi interpelada por um senhor, a quem entregava as roupas, e este lhe perguntou o que ela queria ser ao crescer. “—Médica”, disse-lhe a menina. Esse senhor resolveu patrocinar os estudos dela e, mais tarde, ela tornou-se uma médica respeitadíssima.

Em 1976, no Rio de Janeiro, Maria Isabel soube numa conversa no elevador, de um rapaz que sofrera um acidente grave e estava na iminência de amputar uma perna. Na sequência, ela descobriu que o rapaz era bisneto do senhor que patrocinara todos os seus estudos. O jovem José teve sua perna recuperada pela atuação de Maria Isabel. Cinquenta e um anos mais tarde, o pão voltou… no tempo de Deus.